PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O CURSO DE FORMAÇÃO EM PNL E COACHING

Tempo de leitura: 17 minutos

Nesse post vou responder as principais perguntas sobre o Curso de Formação em Ciências Comportamentais com base em PNL e Coaching. Porém não são qualquer respostas, são respostas completas… É praticamente um conteúdo sobre o curso.

Perguntas e Respostas sobre o Curso de PNL e Coaching

1) EU JÁ FIZ UM CURSO DE COACHING. POR QUE DEVO FAZER ESSE CURSO DE FORMAÇÃO?

Os cursos de Coaching abordam apenas as ferramentas de coleta de dados e perguntas de reflexão para subsidiar o Plano de Vida.   No entanto,  apresentam-se insuficientes para solucionar os impasses provenientes de questões mais profundas relativas a linguagem.

        Como seres linguísticos que somos, a forma como dizemos uma frase afeta o sistema nervoso gerando um impacto emocional de poder ou fraqueza. Por exemplo quando pronunciamos uma frase na “voz passiva” estamos comunicando ao nosso sistema nervoso que não somos o sujeito da ação do verbo e que existem forças maiores, fora de nós que nos dominam como por exemplo:  “Meu chefe me aborrece”.   Esta frase desencadeia no organismo a fabricação de adrenalina pois diante do perigo e da ameaça externa o indivíduo precisa se defender, e a adrenalina irá deixar o todo o organismo alerta para o enfrentamento do elemento agressor.  A adrenalina em excesso afeta o sistema imunológico e de forma continuada gera estresse com todo o efeito colateral prejudicial a saúde física, mental e emocional.

         No entanto se a frase é pronunciada na “voz ativa” estamos comunicando ao sistema nervoso que somos o dono da ação do verbo e que a solução está dentro de nós e que temos o domínio da situação como por exemplo: “Eu me aborreço com meu chefe”.  Esta frase desencadeia no organismo a fabricação de serotonina responsável pela sensação de bem estar, gerando um estado de poder pessoal, o que aumenta as possibilidades de decidir internamente a forma de resolver o aborrecimento. Afinal o aborrecimento só afeta a quem permite.

         Este detalhe e muitos outros relacionados a forma de usar a linguagem para descrever o evento faz toda a diferença.   Martin Seligman, criador da psicologia positivista nos E.U.A relata em seu livro Felicidade Autêntica experiências dessa natureza.  Ao pesquisar soldados que participaram da guerra percebeu que uns se reabilitavam e se introduziam à sociedade e outros se marginalizavam e caiam na droga.   A grande descoberta de Seligman é que o comportamento do soldado estava intrinsecamente ligado a forma de descrever o evento, por exemplo: o que descrevia a guerra em termos absolutos como “um evento absurdo e abominável” buscavam alívio nas drogas para suportar atos hediondos.   Os que descreviam a guerra em termos relativos, por exemplo: “cada vez que vejo um soldado morrer, valorizo ainda mais os minutos de vida e a convivência com a família”, este soldado se recuperava com mais rapidez dos abalos emocionais diante da guerra.

        Além dos aspectos linguísticos existem também outras ferramentas utilizadas na Neurolinguística que são a construção de um padrão de excelência interno para enfrentar situações externas.  Os padrões de excelência humana foram encontrados em pessoas que obtinham êxito “apesar de” e não “por causa de” e após modelados, foram aplicados em outras pessoas comuns que começam a apresentar um comportamento exitoso.

      As pesquisas se aprofundam ainda mais, levantando várias estratégias de pensamento que podem ser replicadas em outras pessoas para aprender a decidir de forma rápida e correta, aprender a se automotivar, reagir bem a crítica e até aprender com elas a se melhorarem, formar um círculo de excelência para se sair bem em situações desafiadoras e outras tantas estratégias decisivas para a vida de uma pessoa que o curso de Coaching não aborda, e por esta razão não consegue os resultados reais de transformação humana e adoção de hábitos mais ecológicos e adequados para cada situação.

 Outra descoberta de grande valia para o mundo da terapia foi a linguagem de Milton Erickson, um psiquiatra do Arizona que conseguia através certas palavras atingir o inconsciente para operar mudanças comportamentais quando os recursos racionais haviam sido esgotados.

 Milton sofria de dores nas juntas em razão de uma doença degenerativa irreversível,  e começou a usar a linguagem hipnótica consigo mesmo, e no final da sua vida, tornou-se o maior hipnólogo contemporâneo utilizando metáforas e linguagem em multiníveis com resultados magníficos.  Bandler e Grinder sistematizaram a estrutura da linguagem miltonericksoniana para aplicação terapêutica, educativa, na medicina, nos negócios e também no mundo corporativo.

2) DEPOIS DE CONCLUIR O CURSO PODEREI FAZER ATENDIMENTOS COMO COACH?

Fazendo um curso de Neurolinguística, o Coach estará apto a entender o modelo de mundo do cliente e a partir deste ponto de partida conseguir alcançar resultados significativos nas sessões de Coaching.

 Além do mais irá desenvolver a acuidade sensorial para perceber as incoerências e as agendas ocultas que o próprio cliente guarda no nível inconsciente e está travando a realização do objetivo.   Existem técnicas na PNL que conseguem descobrir crenças impedidoras que em sendo reveladas, deixam de atrapalhar o pleno desenvolvimento do cliente.

 Porém o mais importante é aplicar o processo Coaching inicialmente consigo mesmo para sentir o efeito de cada comando.   Entender somente racionalmente é não entender nada do conceito.   É preciso compreender a partir de dentro.

3) POR QUE COACHING E PNL?

Aqui no Blog já fiz um artigo falando sobre Como Coaching e Neurolinguística se combinam, mas aqui vai mais uma explicação a respeito:

A PNL é que contém o Coaching.  O Coaching  é apenas uma parte que usa as perguntas para investigar o mapa mental do cliente,  e  está contido na Neurolinguística.

 Em 1960 quando os estudos da PNL foram iniciados, conforme  o livro “A Estrutura da Magia” que relata as primeiras pesquisas de Richard Bandler e John Grinder, foi descoberto que os terapeutas Fritz Pearls e Virgínia Satir, considerados os maiores expoentes da época, usavam um conjunto de perguntas que foi denominado de “Metamodelo de Linguagem”, que revelavam o modelo que estava por detrás do modelo do cliente.

 Esta descoberta foi brilhante porque nem os próprios terapeutas tinham consciência do porque apresentavam resultados surpreendentes.  A grande genialidade de Bandler foi conseguir sistematizar as perguntas de tal forma que pudessem ser utilizadas por outros terapeutas que passaram também a obter grandes transformações em seus pacientes.

 De forma impírica tanto Fritz Pearls como Virginía Satir usavam o método Socrático para fazer o cliente pensar “como” ele pensa, de investigar a fórmula de “como” uma pessoa pensa e não “o que” pensa.   Este processo de entender a construção de um pensamento limitante, deu a possibilidade de desconstruir, levando a cura, a satisfação e  felicidade à vida do paciente.

 Hoje, o método socrático tem o nome moderno de Coaching que em sua origem, na linguagem inglesa é traduzido para o português com o significado de Cocheiro, isto é, uma pessoa que dirige uma carroça e consegue levar o passageiro de um local para outro, ou melhor fazendo uma analogia,  do estado desejado para o estado atual.

 Desta forma mesmo as pessoas que nunca fizeram um curso de PNL, ao usar perguntas para impulsionar a capacidade de mobilidade, isto é da pessoa mover-se do estado atual para o estado desejado, está utilizando as descobertas da Neurolinguística.

 Os cursos de Coaching pinçaram somente a parte das perguntas, deixando de lado todo o arcabouço de técnicas que dão respaldo ao processo de crescimento de uma pessoa.    Embora apresente inicialmente uma resposta favorável, não atinge a profundidade para que se opere mudanças em suas raízes porque as perguntas são importantes, mas não suficientes.

 É preciso saber perguntar aquilo que deve ser perguntado que irá gerar consciência e por esta razão  fará a diferença na vida do cliente.  Mas o mais importante é ir além para saber o que vai fazer com a resposta recebida.

 É lamentável que baixo nível de competência apresentado pelos coaches sem o conhecimento do escopo da PNL, gere mais confusão do que benefícios.

 O Coaching como se apresenta no mercado é a banalização da PNL, um festival de superficialidade onde as pessoas se alimentam de um fastfood mental para conseguir o mais rápido possível o objetivo, no entanto sem bases sólidas.

 Uma casa construída sem um bom alicerce é muito rapidamente atingida pelo vendaval.    O processo Coaching sem os conhecimentos das bases científicas da PNL é uma brincadeira de aventureiros irresponsáveis que colocam pessoas para dar grandes saltos sem antes protegê-las com bons equipamentos.

 Tenho recebido em meu consultório, os estragos feitos em pessoas que  buscavam soluções através do processo coaching sem o devido conhecimento da PNL, e saíram piores do que entraram, porque abrir processos de reflexão com perguntas é fácil, e até excitante no início, mas a competência está em formar a síntese do aprendizado, e esta síntese só é possível com as ferramentas da Programação Neurolinguística.

4) PRA QUEM É ESSE CURSO?

Executivos, consultores, coaches, gerentes, profissionais da área comercial, vendas e promoções, psicólogos, psicoterapeutas, RH das organizações, profissionais liberais e pessoas que desejam ter domínio do processo emocional.

5) SOBRE O CERTIFICADO.

Ao concluir o curso, seguindo os critérios de aprovação, o participante receberá certificado de extensão expedido pelo CETREDE, instituição vinculada à Universidade Federal do Ceará, desde sua fundação, e que há 50 anos vem cumprindo importante papel na formação e capacitação de profissionais, o que se constitui uma forma de socialização do saber gerado na instituição acadêmica.

Observação pessoal: O certificado é algo que se pendura na parede com uma moldura e um vidro transparente, mas não certifica a competência.   Existe algo que nenhum certificado pode atestar que é a ética.    Um profissional sem ética pode utilizar a fragilidade do seu paciente para estender o processo, deixando-o dependente dos seus cuidados.  O que importa é o que está além do papel que é o verdadeiro e sincero respeito ao cliente. 

6) QUAL O PRINCIPAL DIFERENCIAL DO CURSO?

O principal diferencial é oferecer ferramentas que geram autonomia. Ao terminar o curso a pessoa é gestora do próprio processo emocional para sentir o que quer e é adequado sentir em cada contexto.  

 Usando uma metáfora digo que a pessoa se torna o jardineiro do próprio jardim aprendendo a tirar as ervas daninhas e se reconstruir a cada respiração.

 O diferencial do curso é que ensina a entrar no curso do rio da vida que é interminável e cheio de surpresas.  A diferença é que a pessoa sai apta a enfrentar os riscos, os imprevistos de forma mais inteligente e aprender com tudo que encontra pela frente, sentindo-se cada vez mais forte e apto à vida.

 Não há processo acabado e sim colocar-se aberto de coração e mente,  a cada momento para um “vir a ser” e construir o melhor que pode com as ferramentas disponíveis.

 Quem faz o curso entende que a vida é um grande laboratório de experiências que serão guardadas na memória e irão servir para o aperfeiçoamento da raça humana.

7) SOBRE A FACILITADORA MAGUI GUIMARÃES.

Falo do que sinto e vivencio. Cada ferramenta que ensino aprendi com o próprio sangue.  Meu processo é mais visceral do que mental.  Não decoro perguntas nem frases bonitas para impressionar e sim vivo na carne cada ensinamento que transmito como parte do meu aprendizado.

 Minha maior expertise é a capacidade de desconstruir conceito, a construção é tarefa do aluno e eu acredito que ele pode.

 Abomino a autopromoção e coloco a atenção no processo do aluno como o principal objetivo em sala de aula.

Sinto-me importante na medida que consigo criar um ambiente de aprendizado e sinto-me gratificada quando vejo a luz do conhecimento entrar e fazer o olho brilhar.

  Meu maior sonho é poder oferecer o curso de PNL sem custo, somente para as pessoas que também irão repassar este conhecimento por pura amor ao autoconhecimento.  Talvez seja uma utopia, mas eu me sinto bem quando penso em ensinar de graça.

 Uma vez assisti uma palestra do Hotel Glória de um aluno do Bandler, chamado Alan Ferraz, psiquiata que junto com Gilberto Cury fundaram a Sociedade Brasileira de PNL, a entidade mais séria no Brasil.  Alan iniciou a palestra para um auditório de mil pessoas, no primeiro Congresso Brasileiro de PNL, dizendo: Boa Noite para todas as pessoas que não sabem PNL e também para as pessoas que pensam que sabem.

 Esta fala me marcou muito e até hoje, apesar de 20 anos de estudo, percebo o quanto sei pouco sobre o assunto.  A mente humana é um centro de miríades possibilidade e isto pode ser assustador se estes conhecimentos forem usados sem ética.   A PNL é poderosa e pode se tornar uma ferramenta de manipulação causando grandes danos.

Clique aqui para ver um pouco do meu currículo.

8) EM QUAL ÁREA DA MINHA VIDA ESSE CURSO PODE AJUDAR A POTENCIALIZAR OS RESULTADOS?

Este curso pode ajudar a você ter resultados, inicialmente na área do cérebro que comanda toda a atividade do corpo e a partir de um cérebro educado e bem dirigido é fácil atuar na área profissional, financeira, intelectual, afetiva, psicologica, espiritual e todas as outras que se queira atuar com excelência.

 Primeiro arruma a casa para depois fazer a festa. Querer concretizar objetivos somente com recursos externos, é infantilidade.

9) QUAL O PRINCIPAL BENEFÍCIO DO CURSO PARA LÍDERES E GESTORES?

Como ser um lider dos outros, se não consegue ser líder de si mesmo?   O conceito de liderança é muito abrangente e requer um conhecimento profundo da natureza humana, pois ser gestor de pessoas é bem mais complexo do que ser gestor de processos, pois pessoas são “caixas pretas” indecifráveis.

 Lidar com pessoas, inclusive com a pessoa que somos, não tem regras, nem fórmulas prontas.  Fiz muitos cursos de Liderança para chegar a conclusão de que a parte racional é muito pobre e ineficiente quando se relaciona a gente.

 O melhor curso de Liderança é entender o coração, mas para ter um coração limpo primeiro precisa ter uma mente organizada, dirigida e bem treinada.

Uma mente confusa e desorganizada, faz a pessoa funcionar dentro de necessidades, e quando estamos com muitas necessidades insatisfeitas, somos fracos, dependentes, inseguros e manipuláveis. 

10) O QUE AS PESSOAS FALAM SOBRE A MAGUI E SOBRE O CURSO?

 De uma maneira geral, as pessoas dizem que ao fazer o curso não receberam um certificado e sim, receberam a carta de alforria.  Que antes de fazer o curso não tinham ideia o quanto eram condicionados e automatizados.  As pessoas se declaram mais conscientes dos processos internos.

 Quanto a mim, dizem que toco em questões profundas com humor e leveza.  Exercito a arte de ensinar através de exemplos da própria vida, metáforas, histórias verdadeiras e analogias.

 Prefiro a aula presencial onde sinto a pessoa e estabeleço uma sintonia para direcionar o assunto para a necessidade da pessoa e não o que eu estou com vontade de dizer.

 Fico mais a vontade quando estou perto de pessoas porque sinto uma troca energética que me alimenta.  Sou movida pela energia de pessoas que buscam aprendizado principalmente os que buscam a verdade sobre si mesmo.

 Acho que este é a principal razão de não me sentir confortável diante de uma máquina de filmar, sem o relacional humano, para mim, não tem graça.

Veja aqui alguns depoimentos de pessoas que já fizeram o Curso de Formação em PNL e Coaching:

  • Solange Melo – Recursos Humanos Grendene  – O ponto alto do treinamento é a oportunidade de autoconhecimento e de rever as crenças em busca do aperfeiçoamento contínuo.  Embora na área do relacionamento humano o conhecimento nunca seja completo, o curso valeu a pena pois é uma oportunidade de compreender melhor o modelo mental para auxiliar nas relações de convivência melhorando a qualidade da vida social, profissional e familiar.
  • Silvana Rosa – Recursos Humanos Guararapes  – A Neurolinguística é um conhecimento que agrega um diferencial nas funções de RH  com ferramentas práticas para lidar com conflitos, autoconhecimento e outras técnicas úteis para resolver de forma produtiva situações de desafio.
  • Christiane Fust – Recursos Humanos da P&P Contabilidade  – Adquiri com o Curso de Neurolinguística  um autoconhecimento e conseqüentemente passei a ser dona da própria vida e escolhi vivê-la bem, feliz, harmônica e saudável.   A felicidade e a serenidade são atributos meus e não circunstanciais.
  • Tecia Caetano – Recursos Humanos da Turma da Malha – O treinamento ofereceu recursos para lidar melhor com situações familiares, conjugal,  além de elevar a autoestima e melhorar a performance como profissional de recursos humanos.

11) QUANTO CUSTA O MATERIAL DIDÁTICO?

Material sem custo.

12) ONDE O CURSO ACONTECERÁ E QUAL OS HORÁRIOS?

O curso acontecerá no Hotel Recanto UIRAPURU.
Rua Alberto Craveiro, nº 2222 – Castelão.

Horários
Aos sábados e domingos, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 18h30.

*Um sábado e domingo por mês.

13) COMO POSSO FAZER MINHA INSCRIÇÃO E QUAIS AS FORMAS DE PAGAMENTO?

As inscrições são feitas pelo site do Cetrede, pois o curso conta com a parceria da Universidade Federal do Ceará (UFC). Para fazer sua inscrição basta clicar aqui.

Formas de Pagamento:

INVESTIMENTO

1. À vista:      inscrição de R$ 270,00 + R$ 4.500,00 (boleto bancário ou cartão crédito)

2. Parcelado: inscrição de R$ 270,00 + 10x R$ 450,00 (boleto bancário ou cartão crédito)

 

 As perguntas e Respostas aqui apresentadas esclarecem muita coisa. Se você ainda ficou com alguma dúvida ou quer acrescentar algo, deixe um comentário aqui abaixo ou ligue: (85)  4106-3030 / 9982.5610 (Tim) / 8782.5600 (OI).

Se você entendeu que esse curso irá ajudar você a reescrever a sua história, clique no link abaixo para fazer sua inscrição:

FAZER INSCRIÇÃO AGORA!

Sobre Magui Guimarães

Magui Guimarães

Magui Guimarães é Personal Mind em PNL, Consultora em Gestão de Pessoas, atua em Educação Corporativa para executivos.

3 Comentários

  1. felipe teixeira

    Gostaria de saber se neste curso faço coach e Pnl juntos e se fazendo os dois cursos tem desconto.

    Responder
    1. Magui Guimarães Magui Guimarães

      Olá Felipe, O Curso de Formação em PNL e Coaching é um curso só com duração de 140 horas/ aulas. Após a conclusão do curso, se você obtiver aprovação, você estará formado nos dois campos. Até sexta-feira (29 de Outubro) estaremos realizando matrículas para a turma que inicia dia 30, está é a última turma do ano de 2016. A próxima será, possivelmente, no mês de Abril de 2017. Para mais informações sobre o curso ligue para 085 4106 3030 e fale com uma de nossas consultoras. Obrigada pelo contato e Seja Mais!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>